Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

Eu sou umbandista!

Imagem
Em recente e-mail, postei para um dos vários fóruns de discussão que participo a seguinte frase: “Eu sou um templo, um templo eu sou, portanto, para onde vou o templo que sou, vai comigo! Antes de ser um mero jogo de palavras, ou uma tentativa pífia de criar uma rima, esta frase representa uma realidade já bastante divulgada pelos ensinamentos ocultos, esotéricos e de todas as religiões, mas pouco reconhecida ou percebida pelos adeptos: nosso corpo é um templo vivo! Templo-alma em que se abriga para peregrinar pelas reencarnações, nós, os seres espirituais. Corpo este que compartimentaliza os diversos veículos do nosso espírito, em que se insula o micro-universo e o digno lócus da tríade existencial: físico, astral e mental. Templo-ninho da fé, sede dos processos cognitivos e sensitivos do religare, por isso, entre tantos motivos, o nosso corpo é sagrado. Ser e Estar se rivalizam em nosso corpo, o profanamos muito mais que o sacralizamos e embora vivamos a constante dicotomi